A importância da água reciclada



A água que circula na natureza é sempre a mesma, num ciclo contínuo entre a superfície da terra e a atmosfera. Você sabia que após a utilização para consumo humano ou nas atividades produtivas, é possível realizar o seu tratamento devolvendo-a aos rios e mar em condições ambientalmente seguras, retomando o seu ciclo natural?


A água que chega às nossas casas começa por ser captada no meio hídrico, seguindo para as estações de tratamento de água onde é tornada adequada para consumo. É armazenada em reservatórios e a partir daí distribuída à população. Depois de utilizada é recolhida e novamente tratada para ser devolvida à natureza em condições ambientalmente seguras.


A água é um recurso finito, distribuído pelos cinco continentes. E através de novas soluções e tecnologias, hoje já é possível reciclar a água usada, transformando-a, valorizando-a numa nova água+, que pode ser utilizada em múltiplos fins. A água é uma matéria prima plena de recursos. E aqui em Portugal a Águas do Tejo Atlântico produz novos recursos a partir da valorização dos subprodutos da sua atividade. Contribuindo para a promoção da economia circular!


Economia Circular

O modelo econômico ‘extrair, transformar, descartar’ da atualidade está atingindo seus limites físicos. A economia circular é uma alternativa atraente que busca redefinir a noção de crescimento, com foco em benefícios para toda a sociedade. Isto envolve dissociar a atividade econômica do consumo de recursos finitos, e eliminar resíduos do sistema por princípio. Apoiada por uma transição para fontes de energia renovável, o modelo circular constrói capital econômico, natural e social.

(Fonte: Ellen Macarthur Foundation)

Ele se baseia em três princípios:


· Eliminar resíduos e poluição por princípio

· Manter produtos e materiais em ciclos de uso

· Regenerar sistemas naturais




E o que é a água +?



Para verem a importância desse processo, vejam os possíveis usos para a água reciclada:


• Rega para fins agrícolas

• Rega para fins paisagísticos

• Reutilização na indústria

• Usos urbanos não potáveis

• Atividades recreativas

• Recarga de aquíferos

O desenvolvimento de tecnologias cada vez mais modernas para a reciclagem de água e a superação do estigma em torno do reúso de água, por parte da população, pode ser um caminho mais viável para a superação da atual crise hídrica. Em Cingapura, enormes usinas de dessalinização, com apoio de empresas, são responsáveis por atender até 25% das demandas por água. Já Sidney, na Austrália, conta com 13 usinas de reciclagem de água para uso industrial, recuperação de rios e uso residencial.

Águas do Tejo Atlântico quer tornar Lisboa numa referência de inovação e boas práticas na utilização de água reciclada, uma matéria ainda largamente inexplorada a nível mundial.


A água+ estará presente na Feira Sentidos, promovida pelo Livre Para! Durante o evento todos poderão entender mais sobre os processos de reciclagem da água e também participar de uma rega coletiva com a água+!



Veja aqui toda a programação e expositores da Sentidos - Feira de consumo consciente em Lisboa!


Para saber mais sobre a Fábrica de Água e água+ acesse: Águas do Tejo Atlântico.

CONTATOS

 

canallivrepara@gmail.com

+351 914 820 619

+351 914 822 304

Penha de França | Lisboa | PT