Tijolos de beatas? #SóqueroBoasNotícias


Cerca de 4.5 bilhões de beatas (bitucas) de cigarro são descartadas no meio ambiente. Só em Portugal a cada minuto estima-se que 7.000 beatas vão para o chão!

O que fazer com essa quantidade de beatas que vão ao chão?

Já sabemos que é preciso de um grande trabalho de conscientização e educação, mas um um grupo de inovadores apresentou uma nova ideia muito interessante para ajudar a situação:


(Fonte: Público PT)

O Laboratório da Paisagem, juntamente com o Centro de Valorização de Resíduos e o Instituto de Soldadura e Qualidade, desenvolveram o E-tijolo. A proposta incorpora as pontas de cigarros na construção de tijolos. O uso deste tipo de lixo permite criar tijolos mais leves, com melhores propriedades de isolamento, além de reduzir em 60% o consumo de energia necessário para a sua produção.


"Cerca de 5% da composição dos tijolos são pontas de cigarros. É a percentagem ótima para não comprometer a resistência da peça", revela Nuno Silva que faz parte da equipe técnica. Entre as vantagens, o E-tijolo apresenta-se como um produto mais leve, com melhores propriedades de isolamento e que reduz em 60% o consumo de energia necessária para a sua produção.



Quer conhecer outra solução interessante para o problema das beatas?


Conheça o Biatakí! Na loja do Livre Para você encontra o Biatakí, um porta beatas portátil para elas nunca mais irem ao chão. O Biatakí também é um ótimo presente para aquele amigo se conscientizar! É produzido artesanalmente, a partir de cana-comum e rolhas de cortiça recolhidas junto dos parceiros do projeto no sector da restauração e institucionais.


Ideias inspiradas que podem fazer a diferença!

CONTATOS

 

canallivrepara@gmail.com

+351 914 820 619

+351 914 822 304

Penha de França | Lisboa | PT