Livre Para refletir: Workaholic

Nesta semana resolvi trazer uma reflexão sobre os possíveis excessos que enfrentamos em nossas rotinas de trabalho e para nos perguntarmos: O que é ser Workaholic?


O termo Worlaholic foi inicialmente, cunhado pelo Psicólogo Wayne Oates ao escrever em 1971 a obra “Confessions of a Workaholic: The Facts about Work Addiction”. O autor descrevia uma condição que unia os conceitos de trabalho e vício. É preciso entender as diferenças entre ser um profissional dedicado e a compulsão pelo trabalho.

Alguns aspectos que podem apontar uma possível compulsão:

- Ter uma carga horária de trabalho excessiva, incorporando, mesmo em momentos de descanso assuntos ligados à profissão; - Desligar-se das dinâmicas afetivas do lar; - Adotar um perfil crítico e distante; - Constante sentimento de culpa quando não está envolvido em suas atividades empregatícias; - Nunca tirar/querer férias; - Preferir atividades que envolvem trabalho a estar com familiares/amigos; - Fazer todas as refeições do dia na mesa de trabalho ou trabalhando ao mesmo tempo; - Dificuldades em se desconectar do trabalho até quando está dormindo .

Você é um Workaholic?

Se você se identificou com alguns desses aspectos procure perceber se está vivendo sua vida ou vivendo para o trabalho. A busca por esse equilíbrio vai te trazer mais qualidade de vida.


Psicóloga Mariá Lisboa

@psicomarialisboad

CONTATOS

 

canallivrepara@gmail.com

+351 914 820 619

+351 914 822 304

Penha de França | Lisboa | PT