Dia da Água 2019 em Lisboa!


A convite da Divisão de Gestão do Parque Florestal de Monsanto e de Sensibilização Ambiental da Câmara Municipal de Lisboa, participamos do evento “Água vs. Alterações Climáticas” – As Boas Práticas de Lisboa  para a conservação e gestão da água". Esse encontro fez parte do Programa "Olh'a Primavera" que realizou diferentes atividades ao longo da semana para comemorar a chegada da estação das flores e gerar maior conscientização para aos cuidados e valores da natureza.

Chegamos no Parque Florestal de Monsanto e já ficamos encantados com a beleza do local, como é especial e importante ter uma área natural preservada tão próxima da cidade!

O parque tem vastas áreas de mata diversificada e oferece grandes opções para recreio, passeios e também amplas vistas sobre a cidade e o rio, o que fazem de Monsanto um local muito atrativo para quem curte apreciar pelas paisagens!


O auditório estava repleto de plantas das espécies nativas do parque, deixando o clima pronto para as conversas que vinham a seguir. A tarde começou com a apresentação do filme "Lisboa - European Green Capital 2020", onde nos encantamos com os esforços e planos da cidade para ser um exemplo de planejamento e sustentabilidade. O prémio de Capital Verde Europeia é um reconhecimento do trabalho que Lisboa tem vindo a desenvolver durante a última década no sentido de uma cidade mais verde e amiga das pessoas. É a primeira vez que uma capital do Sul da Europa conquista esta distinção, geralmente atribuída às cidades do Norte da Europa.


Por ser no dia mundial da água o foco do encontro era "Água vs Alterações Climáticas", então as falas abordaram temas como a realidade do abastecimento de água potável em Lisboa, as estratégias municipais de sustentabilidade no uso da água na cidade e também a apresentação do plano geral de drenagem de Lisboa na rede de saneamento.

A água é um elemento vital para todos nós e não há mais a possibilidade de tratarmos como um recurso infinito. A água que temos em nosso planeta é muito valiosa. Por isso novas ideias e ações são criadas para usarmos esse elemento da maneira mais inteligente visando a sustentabilidade.

Fábrica de água de Alcântara

O que foi apresentado sobre tratamento e novas finalidades para a água residual elucidam a importância dos investimentos nessa área e também na desmistificação da reutilização da água.

A Fábrica de Água, iniciativa do Águas do Tejo Atlântico, trouxe o tema Economia Circular. O seu propósito é reciclar a água usada transformando-a em uma nova água+ que pode ser utilizada em diversos fins como: limpeza da cidade, irrigação agrícola, sistemas de climatização e lavagem de equipamentos na indústria. Os resíduos como matéria prima podem ser utilizados na criação de produtos como a biolama, biocombustíveis, bioplásticos, bionutrientes e metais. Além de preservar o ambiente, devolver a água em condições seguras para o meio hídrico.

O coffee break foi oferecido pelo Greens Project com opções veganas e saudáveis, tudo muito caprichado. Percebemos o carinho e atenção de todos os envolvidos na organização do evento para fazer uma tarde especial, para celebrar a união e dedicação de todos que pensam e agem por uma realidade mais verde e mais azul.

Terminamos o dia inspirados e entusiasmados com tudo o que aprendemos, e com todas as conexões que fizemos. São eventos como esse que acendem a esperança nas cidades sustentáveis do presente e do futuro.

CONTATOS

 

canallivrepara@gmail.com

+351 914 820 619

+351 914 822 304

Penha de França | Lisboa | PT