European Maritime Day 2019 em Lisboa


A Conferência "Dia Europeu do Mar", uma realização feita em conjunto entre o Município de Lisboa, o Ministério do Mar e a Comissão Europeia tem como objetivo promover e discutir políticas públicas e privadas que incentivem o ensino, investigação, a inovação tecnológica, e económica das atividades marítimas, tudo isso em um ecossistema empreendedor que buscas ser sustentado numa economia circular.


Estivemos lá com o Livre Para e com o projeto #LivreParaImpactar nos dois dias de programação que consistiam em palestras, workshops, feira, debates e mesas de conversas. Sempre com foco nos temas mares e oceanos, sendo abordados por diferentes pontos de vista: econômico, político e educacional. Apesar do tema deste ano ser "Blue Economy", quem aparecia em praticamente todas as conversas e palestras era o assunto "plástico". O que fazer com a crise dos plásticos no oceano, quais são as nossas realidades e também o lembrete que essa não é a única ameaça de poluição e exploração marítima.


Do nosso ponto de vista um dos temas mais interessantes abordados foram sobre o futuro e a importância da Ocean Literacy (algo como alfabetização sobre os oceanos). Os seres humanos têm interagido com o oceano desde sempre. Nós o usamos como meio de transporte, recreação, fonte de alimentos, matéria-prima e agora também para gerar energia renovável. E enquanto o oceano é tão vital para nós ele também pode presentar riscos para saúde humana através de poluição, enchentes e desequilíbrios.


Stand da Unesco

Precisamos entender mais sobre os oceanos, criando um poderoso link entre ciência e educação. É necessário um grande movimento de empatia pelos mares, para que com conhecimento se desenvolva uma cultura de mais cuidado com a saúde do Planeta Mares.

Ocean Literacy significa entender a influência do oceano em nós e a nossa influência no oceano.

Podes aprender mais sobre o assunto no site oficial da Unesco sobre Ocean Literacy.



É muito inspirador ver tantos países, autoridades e tomadores de decisões se reunindo para discutir sobre o futuro dos oceanos, passando a mensagem de união entre nações e comunidades em prol de um bem maior. O tom de "estamos em uma crise de verdade, não podemos negar e nem ficar parados" que estava presente nos discursos das autoridades na conferência nos mostram (e dão certo alívio) que este tema está finalmente sendo levado a sério e que sim, é preciso de ajuda e colaboração de todos. Empreendimentos inovadores entre o governo e iniciativas privadas, investimentos em projetos de pesquisa e investigação e muito importante: o investimento na comunicação para o grande público sobre que está acontecendo nessas esferas.



Teremos algumas entrevistas muito interessantes que fizemos durante os dois dias de evento com a equipe #LivreParaImpactar que logo estarão por aqui para abrirmos ainda mais o debate sobre os oceanos e seus mares de possibilidades.


Grande abraço!


Livre Para

CONTATOS

 

canallivrepara@gmail.com

+351 914 820 619

+351 914 822 304

Penha de França | Lisboa | PT